Drywall passa a ser usado como mobília

moveis-de-drywall

Arquitetos, decoradores e designers de interiores também vêm aproveitando a praticidade do material para criar mobílias como estantes, prateleiras, nichos, bancadas e painéis.

A “parede seca”, de chapas de gesso pré-moldadas fixadas em estruturas de aço, pode ser montada no tamanho e o desenho desejado. Em muitos casos, é possível substituir a alvenaria e a marcenaria pelo drywall.

Além disso, ainda se ganha espaço, pois uma parede de drywall mede cerca de sete centímetros, já a de alvenaria algo entre 15 centímetros.

Em geral, um projeto em gesso é mais acessível que o de marcenaria. Outra vantagem está na facilidade que o material oferece nos casos de consertos vazamentos, onde não é preciso quebrar as paredes, basta um “rasgo no gesso” para se alcançar a tubulação.

É uma ótima alternativa que dispensa as quebradeiras de uma obra. Dá para tirar muito proveito dele. Oferece flexibilidade de layout, resistência e não deixa entulho. Mas é preciso ter cuidado para não colocar peso. Caso contrário, deve ser bem estruturado com madeira.

Na parte interna das placas, o projeto pode conter fiação elétrica, tubulação hidráulica, cabeamento de computadores. Na externa, pode receber qualquer tipo de acabamento e pintura.

dw-dry-wall-3gesso

Fonte: Revista zapimóveis

Fotos; retiradas da internet


Peça um orçamento sem compromisso!! Nós estamos a disposição para melhor atender. Deixe seu pedido no formulário abaixo e entraremos em contato

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s