Como calcular a quantidade de forro de PVC

lam2_1600x500

Forros de PVC podem ajudar a resolver diversos problemas, inclusive reduzir a temperatura ambiente.

Mas para fazer a instalação devida, é preciso saber como calcular o as peças necessárias para o ambiente que você quer transformar.

O forro de PVC é vendido em lâminas com 20 centímetros de largura e pode ter comprimentos variados. Para saber a quantidade de placas que você vai precisar e o comprimento delas, basta fazer algumas medidas simples.

Meça o tamanho das paredes e escolha qual você prefere que as placas sigam a direção. Uma dica que pode ajudar a dar a impressão de ambiente mais amplo é utilizar a parede mais longa como referência para o comprimento das lâminas.

A partir daí, utilize a medida da parede menor como referência para estimar quantas placas serão necessárias. Por exemplo, se você possui uma sala de sete metros por cinco metros, as placas deverão ter sete metros de comprimento. Para utilizando a parede menor como parâmetro para calcular a quantidade de lâminas necessárias basta dividir o seu comprimento pela largura das peças. No exemplo citado, seriam 5m divididos por 0,2m. Então seriam necessárias 25 peças de pvc para construir o forro no cômodo.

Além das placas, você também vai precisar calcular outros materiais necessários para a instalação.

As lâminas de PVC precisam de uma estrutura metálica que a apoie, garantido que elas não irão desabar. Essa estrutura é construída com sarrafos de metal, cantoneiras internas e externas, parafusos, réguas de acabamentos, e emendas para as placas. A estrutura de metal a ser construída precisa formar um quadriculado com vigas atravessando horizontalmente o plano onde as lâminas devem ficar. Cada barra deve ficar a uma distância de 50 centímetros da seguinte.

Faça os furos sempre conferindo se eles estão alinhados com os da parede oposta. Encaixe as barras de metalon nos furos das paredes. Coloque-as em paredes opostas. Fixe as réguas de acabamento na parede, logo abaixo da estrutura de metalon. Para fazer a junção entre as réguas de acabamento de uma parede e outra, utilize os cantos (internos ou externos). Encaixe as lâminas de PVC entre as réguas de acabamento e as barras de metalon. Após do encaixe da última, prenda-as no metalon com parafusos. Para realizar esse trabalho é preciso ter todos os produtos na quantidade correta.

Para pedido de orçamento de forro pvc e instalação de forros, deixe seu contato no formulário abaixo que em breve retornaremos:

Anúncios

Troque alvenaria por Drywall

loja-bx

Flexibilidade é um termo freqüentemente associado à tecnologia do drywall. Não sem motivo. De um lado, é possível projetar e montar paredes, forros e revestimentos com curvas, recortes e outros detalhes que, pelos métodos construtivos convencionais, demandariam muito mais tempo, impondo dificuldades. Isso assegura aos arquitetos e designers de interiores ampla liberdade de criação.

Paredes-Curvas-com-Drywall

Por outro lado, casas e apartamentos com paredes internas em drywall podem ter sua distribuição física modificada com grande facilidade. A remoção de paredes existentes pode ser feita com rapidez e praticamente sem sujeira, o mesmo ocorrendo com a montagem de novas paredes. Hoje, grandes construtoras já oferecem essa flexibilidade como uma vantagem a mais aos seus clientes – que, assim, têm a possibilidade de adquirir um imóvel com um layout interno de acordo com as características de sua família, modificá-lo sem problemas no futuro, quando a família crescer ou diminuir, e ainda contar, em razão dessa flexibilidade, com maior facilidade para a eventual revenda da casa ou do apartamento.

drywall-em-áreas-úmidasAlém disso banheiros e áreas molhadas, como as de serviço por exemplo, também podem se beneficiar desta tecnologia inovadora que são as paredes de drywall, pois recebem tratamento especial.

 

 

Fonte: Drywall.org

Fotos retiradas da internet

Para mais informações e pedido de orçamento NÃO PERCA TEMPO, deixe seus dados no formulário abaixo que teremos o prazer de atendê-lo:

Piso igual na casa toda ou diferente em cada cômodo?

 

slide01

A escolha dos pisos e revestimentos para uma casa é uma tarefa árdua e diante de tantas opções disponível no mercado é muito difícil encontrar o piso que mais agrada.

Mas além do piso ou porcelanato em si uma dúvida que pode surgir é se deve ser usado um mesmo modelo ou desenho de piso na casa toda ou se cada ambiente poderia ter modelos diferentes.  O ideal é fazer aquilo que agrada e portanto não podemos afirmar o que é ou não melhor, mas a ideia de separar é boa e com a grande variedade que temos hoje dá para combinar bem e chegar a resultados interessantes.

Alem da separação dos quartos o que pode ser feito também é usar pisos ou porcelanato diferente para cozinha e banheiros que são conhecidos como as áreas molhadas e normalmente são locais onde é possível ousar um pouco nas cores ou desenhos. Na cozinha e no banheiro, uma ideia legal é usar pastilhas no revestimento como uma faixa horizontal ou vertical, pode-se ainda fazer uma faixa com um revestimento diferente ou até colocar algumas peças isoladas com desenhos que é bem comum encontrar atualmente.

Piso para quarto

piso-laminado-para-quarto-10

O quarto é um local onde há possibilidade de variar bastante o tipo de piso. Atualmente está muito na moda a colocação do piso laminado que lembra um pouco os antigos tacos de madeira que já foi muito comum no Brasil. Além disso, há também os pisos cerâmicos que imitam madeira e outros tipos.

Piso para cozinha

melhor-piso-para-cozinha-aprenda-a-escolher

A cozinha é considerada área molhada e por isso não é qualquer tipo de piso que pode ser colocado, por exemplo, não se pode colocar madeira. Dentro da opção cerâmica há ainda a questão das cores, formatos e detalhes que podem ser usados para combinar com revestimento, armários, móveis e outros objetos típicos da cozinha.

Piso para sala

A vinilico

A sala é um ambiente bem tranquilo quanto ao tipo de piso e não há muito segredo aqui. Geralmente é o local onde se usa tapetes e a opção por cerâmica é muito comum, embora possa ser usado também o carpete laminado que é madeira.

Piso para banheiro

pisoparabanheiro_topic

O banheiro, assim como a cozinha é considerado área molhada e o piso deve ser cerâmico. Acho que no banheiro é onde encontramos talvez a maior variação de modelos de pisos e revestimentos com uma variedade incrível de modelos, cores e formatos para agradar todos os gostos e bolsos.

Piso para área externa

piso-para-area-externa-1-730x548

O piso para a área externa é muito comum para evitar inclusive que a sujeira acumulada de fora venha para dentro de casa, isto porque se a área externa for de terra ou mesmo de cimento, o acúmulo de sujeira é maior e dificulta muito mais a limpeza. Geralmente os pisos cerâmicos tradicionais são os mais comuns para áreas externas, com destaques para os antiderrapantes.

 


Para mais informações e pedidos de orçamento deixe seus dados no formulário abaixo:

 

Divisórias para escritório

divisorias-para-escritorio-6

A decoração bem planejada e a utilização otimizada do espaço físico de escritórios e ambientes corporativos são fatores que influenciam diretamente a produtividade das pessoas que ali convivem e trabalham diariamente. O ambiente de trabalho tem de ser agradável e trazer conforto e praticidade, fazendo com que as pessoas se sintam bem-humoradas e motivadas a desempenhar suas funções com excelência.

Dentro desse contexto, a utilização de divisória para escritórios é extremamente útil, pois, além da separação física de ambientes, ela promove um melhor aproveitamento do espaço livre e, dependendo do material do qual são fabricadas, podem, inclusive, fazer parte da decoração do escritório.

A Elegancy Forros trabalha com 3 tipos de DIVISÓRIAS, veja abaixo:

DIVISÓRIA PVC:

As divisórias de PVC se caracterizam por poder dividir qualquer ambiente com todas as vantagens das divisórias de madeira e ainda somando as vantagens que tem por serem produzidas em material plástico.

As Divisórias de PVC foram projetadas para dividir espaços comerciais com praticidade e inteligência.As Divisórias de PVC se adaptam aos mais variados ambientes e valorizando e personalizando escritórios, lojas e empresas em geral. As Divisórias de PVC, são 100% resistentes a umidade, dispensa, pintura e são duráveis. As Divisórias de PVC são resistente à ação de fungos, bactérias, insetos e roedores.

As Divisórias de PVC são considerados os mais versáteis dos plásticos, esse composto químico é visto atualmente como um material diferenciado, inovador, sofisticado, competitivo e moderno, que atende às mais diversas necessidades e está presente no dia-a-dia de todos nós. Nos últimos anos, o consumo mundial dessa resina registrou crescimento médio anual de 4,3%, sendo que no Brasil o aumento foi de 7,1%. As Divisórias de PVC não propaga chamas: é auto-extingüível.

DIVISÓRIAS NAVAL:

A Divisória Naval é um produto simples, porém uma ótima opção para divisão interna de espaços, sendo bem requisitada em ambientes corporativos e médicos. A Elegancy Divisórias é especializada em instalação de divisórias naval e oferece as melhores soluções para a utilização deste produto.

As Divisórias Naval são constituídas por painéis de 35 ou 48mm com miolo MSO (colmeia) ou Isoplan (á base de vermiculita expandida e lãs minerais), unidos por perfis de aço galvanizado ou alumínio anodizado, e revestidos com chapas de Eucaplac UV (chapa dura de fibras de eucalipto prensada) ou de Formidur BP (chapa dura de fibras de Eucalipto prensada com resinas melamínicas), em diversas opções de cores e acabamentos.

Os painéis das divisórias naval têm dimensões máximas de 1,20×2,10m e podem ser paginados de diversas maneiras, sem perder o bom aproveitamento que proporcionam. Além disso, é possível a colocação de vidros com espessura de até 8mm, de acordo com padrões comuns de paginações estabelecidos no sistema.

Vantagens:

Alta durabilidade;
Alta rigidez e elasticidade;
Facilidade e rapidez na instalação;
Variadas cores e acabamentos;

DIVISÓRIAS DE DRYWALL:

O Sistema Drywall consiste numa edificação de paredes de gesso que são mais leves e com espessuras menores que as das paredes de alvenaria. São chapas fabricadas industrialmente mediante um processo de laminação contínua de uma mistura de gesso, água e aditivos entre duas lâminas de cartão.

O método está sendo muito utilizado na construção civil, principalmente para áreas comerciais. As paredes de gesso drywall permitem instalações elétricas e hidráulicas atraves do sistema de fixação a polvora em tetos ou aparafusadas em perfis de aço galvanizado. Além disso, adaptam-se a qualquer estrutura, como aço, concreto ou madeira. A montagem do Sistema Drywall é fácil, com redução de prazo de entrega e, consequentemente, custos menores.

Para mais informações ligue (11) 2595-4700 ou deixe seus dados no formulário abaixo que retornaremos:

 

 

 

FORRO DE ISOPOR OU FORRO DE PVC – QUAL MELHOR TIPO DE FORRO?

1-isoporxpvc

 

Temos que levar em consideração algumas características próprias de cada material antes de escolher qual é o melhor e qual mais combina com estilo de acabamento que o cliente procura.

Dois materiais muito comuns que são sempre utilizados em escritórios e residências são os forros de PVC e os forro de isopor, a melhor maneira de escolher entre os dois é fazer a análise desses dois diferentes materiais para então decidir qual dos dois se encaixa mais com o orçamento, o gosto e qual combina mais com o ambiente a ser instalado.

FORRO DE PVC

O forro de PVC é muito utilizado, pois é um material que combina com qualquer lugar e possui uma facilidade extrema na sua instalação, podendo ser colocado em qualquer ambiente por pessoas sem nenhum tipo de experiência na área de construção ou decoração de ambientes internos.

Por causa de seu tamanho sucesso, existem diversos tipos de forros de PVC e também outras utilidades para o PVC. Os clientes tem um variado leque de opções quando se trata de formato, cor, espessura e tamanho, permitindo que a escolha seja ideal para qualquer tipo de ambiente a ser decorado.

Confira abaixo algumas das características individuais do forro de PVC e entenda o motivo de tantas pessoas o escolherem como forro para suas residências e comércios.

  • Leve (1,4 g/cm3) – o que torna muito fácil o manuseio e a aplicação nos acabamentos;
  • Grande resistência na ação de bactérias, fungos, roedores e insetos;
  • Apresenta uma grande resistência à maioria dos produtos químicos;
  • Fácil limpeza;
  • É um bom isolante térmico, acústico e elétrico;
  • Impede a propagação de chamas: não é inflamável e termina o fogo;
  • Grande versatilidade e amigo do meio ambiente;
  • Seu material pode ser reciclado e também pode ser feito de material reciclado;
  • Sólida superfície e resistente a choques elétricos.
  • Possui impermeabilidade contra substâncias gasosas e líquidas.
  • Material que apresenta grande resistência contra sol, chuva, vento ou maresia.
  • Grande durabilidade: a vida útil de um forro em PVC conservador em boas condições dura no mínimo 50 anos.

FORRO DE ISOPOR

As placas de isopor utilizadas nos tetos de empresas, salas comerciais ou até mesmo em residências apresentam uma grande vantagem em relação custo-benefício, pois se trata de um material com um preço relativamente baixo se comparado a outros materiais com a mesma finalidade.

Além de seu baixo custo é importante destacar que os forros de isopor também atendem suficientemente as necessidades de isolamento térmico e acústico com um desempenho adequado, contando ainda com a facilidade de ser montado em pequenas placas de fácil instalação e remoção.

Confira abaixo algumas outras características das placas de isopor utilizadas como forro:

  • Montagem rápida e limpa;
  • Possuem tamanho padrão de mercado, facilitando o encaixe com qualquer suporte;
  • Fácil passagem de fiação elétrica;
  • Possibilidade de remodelação do ambiente;
  • Seu material não propaga chamas;
  • São extremamente leves, não sobrecarregando ou forçando a estrutura do telhado;
  • Menor custo da categoria de forros removíveis;
  • Bom isolamento térmico e acústico.

Para mais informações ligue (11) 2595-4700 ou deixe seus dados no formulário abaixo que retornaremos (y)

crédito: site forro pvc

foto divulgação/internet

A melhor época para construir ou reformar é agora no começo do ano

reforma-2

Quem não gostaria de construir, reformar ou ainda redecorar a casa? Mas, essa tarefa muitas vezes não é nada fácil. Para fazer a reforma da casa é preciso avaliar vários fatores, por isso é indispensável fazer um planejamento antes de dar início às obras. Pensando nisso, veja algumas dicas que irão ajudar você a esclarecer suas dúvidas e à saber qual é a melhor época para reformar a casa.
O começo do ano é o melhor momento para iniciar a obra. Isso porque, nos primeiros meses do ano os preços dos materiais de construção, móveis e a mão de obra ficam mais baratos. Mas, qual é a forma mais lucrativa para compra? O melhor é sempre comprar à vista, isso se você possui condições para tal prática. Caso contrário, se esta compra pesará no orçamento familiar, o ideal é dar uma parte a vista e aproveitar as facilitações que o mercado oferece no momento. Ou ainda, parcelar no cartão de crédito, sem juros.

planejamento-economia-reforma

Faça um orçamento, você não vai se arrepender. E por fim aproveite cada momento da sua obra com consciência de que esta ficará exatamente como planejou. Neste período as lojas de material de construção fazem promoções para conquistar o consumidor e bancos oferecem empréstimos para compra de material de construção. Ficam algumas dicas, para você que está pensando em construir ou reformar:
– Decida que tipo de obra deseja fazer, se construção, reforma ou ampliação;
– Pesquise a mão de obra, ela leva boa parte do seu orçamento;
– Escolha os materiais que são realmente necessários para o seu projeto;
– Cuidado com estoques, pois alguns produtos precisam de cuidados especiais.
–  Por fim, a reforma da casa precisa ser realizada com organização e planejamento para evitar possíveis transtornos e gastos excessivos. E a melhor época para dar início às obras é no começo do ano, pois os custos dos materiais e mão de obra são mais baixos. No momento de adquirir os materiais é preciso pesquisar muito bem os preços e evitar dívidas, por isso, é recomendável recorrer à orientação de um profissional especializado no assunto, ou seja, de um arquiteto.

Fonte: site Portal Tabatinga

Foto reprodução/internet

Para mais informações acesse www.elegancyforros.com.br ou deixe seus dados no formulário abaixo que retornaremos:

Molduras de gesso

molduras-de-gesso

Um detalhe faz toda a diferença e transforma aquele seu teto sem graça em algo sofisticado com apenas um detalhe: uma moldura de gesso que faz um acabamento perfeito!!

A moldura de gesso ainda é o acabamento mais usado nas casas com teto de laje ou em acabamentos de forro de gesso convencional. No decorrer dos anos os modelos das molduras de gesso vão ficando mais retos e com tendências mais modernas.

Não precisa ter muito dinheiro para deixar sua casa linda!! Com um pequeno investimento você pode decorar sua sala, cozinha, banheiro e quartos com molduras de gesso com muitos modelos diferentes. Veja abaixo algumas de nossas sugestões:

Vocês pode ampliar sua criatividade e acrescentar um cortineiro de gesso que dá um charme a mais, veja no exemplo abaixo:

moldura-gesso3

moldura-gesso1

moldura-gesso6

Ou você pode optar pela moldura simples, que também dá o charme na sua decoração

moldura-gesso2

moldura-gesso7

Pode também embutir iluminação:

moldura-gesso9moldura-gesso10moldura-gesso111

Bom, essa foi a nossa dica de hoje!! Espero que tenham gostado! Um grande abraço!!

fotos: retiradas da internet

 

Para mais informações deixe seus dados no formulário abaixo que retornaremos: