Divisórias

divisorias

Indicadas para o planejamento de salas e escritórios, com soluções que se adaptam perfeitamente a todos os tipos de projetos, dominam há décadas o mercado. Para quem necessita de urgência na montagem e praticidade, sem dores de cabeça. As divisórias são encaixadas e fixadas em perfis de aço naval de acordo com o projeto do cliente. Podendo ser colocados módulos de vidro liso ou plus, portas em Eucatex e de correr. Com disponibilidade de painéis com 35 e 48mm e cores variadas.

Divisória em eucatex revestida em fórmica melamínica com miolo, colmeia estruturada em aço naval. Perfil preto. Os painéis são formados por fórmica melamínica produzido à partir de resinas termo-fixas sobre uma tela de fibra depositada à ar, termo-prensadas com miolo em colmeia de media gramatura, malha de1 polegada ou miolo em lã de vidro com densidade de 40 kg/m³, também miolo em lã de rocha com densidade de 48 Kg/m³, assim como miolo em poliestireno expandido (isopor), com densidade de 10 Kg/m³.

Estruturado com travessas, montantes, cimalhas, guias, perfil de canto, rodapé de encaixe removível e outros, são confeccionados em perfis de aço estruturado.
Seu perfilado é composto por chapa de aço galvanizado # 0,50 mm / Revestimento B zinco275 g / m² / Pintado eletrostaticamente.

Divisórias já são utilizadas a muitos anos. Desde muito tempo atrás muitas industrias, comércios e consultórios já utilizavam divisórias para delimitar áreas especificas. Naquela época era utilizados lambril de madeira e até mesmo construções permanente em alvenaria.
A grande questão para divisórias construídas dessa forma, como exemplo da alvenaria, ela tem muito peso, muita sujeira e leva muito tempo para ser construída, alem de se tornar uma divisória permanente, sem a menor possibilidade de ser remanejada. No caso das divisórias feita em lambril, o problema é o cheiro do verniz, a impossibilidade de remanejamento e o tempo que leva-se para construir a divisória.
Uma grande industria foi fundada em 1951, e viu a necessidade de se criar algo mais moderno, e pratico,então foi desenvolvida as Divisórias de Eucatex. Essas divisórias caíram como uma luva para ser usadas em comércios, industrias, e depósitos. Essas divisórias tinham como vantagem ótimo acabamento, pouca Mao de obra, velocidade na montagem, peso muito reduzido, e a comodidade de ser remanejada no momento em que fosse necessário para expansão ou diminuição da empresa.
Milhares de metros quadrados de divisórias foram montados e fizeram e fazem parte da construção brasileira. Na época não havia muitas opções de cores nos painéis que formavam as divisórias, elas eram produzidas em tons bege, cinza e cor de madeira, como mogno e cerejeira. O perfilado que era necessário para montagem das divisórias, tinha poucas opções de core, tais como preto, ocre, e até de alumínio. Essa configuração para montagem das divisórias foram utilizadas por muito tempo, más chegou a um ponto que os consumidores queriam algo diferente, queria mais modernidade para suas divisórias, foi ai que mais uma vez os fabricantes de painéis de divisórias se fizeram presente. Adicionaram mais opções de cores para os painéis de divisórias, e mais opções de tons para o perfilado.
Hoje os painéis de divisórias possuem varias opções de cores tais como: Areia jundiá, Areia Perola, cinza cristal, cinza cobalto, Ciliegio Claro, Teka Milano, Marfim, Carvalho Maiorca. Alem de painéis de divisórias com varias opções de cores, ainda foi adicionado mais opções de cores para o perfilado que une as divisórias, como por exemplo: O tradicional alumínio natural, e metálicos preto, branco, cinza, prata, bege e ocre. Todos os perfilados metálicos são pintados com tinta epox, em um sistema de aplicação eletrostático, que deixa o perfilado das divisórias com muito mais acabamento.
Hoje na hora de realizar seu projeto, tendo um bom gosto e criatividade, pode-se criar divisórias diferenciadas com muito estilo e arrojo. Isso tudo com preço baixo, sem abrir Mao da qualidade.
Vai aumentar, modificar, ou diminuir seu escritório, separar setores, e até mesmo isolar mercadorias, consulte um dos nossos profissionais para criar espaços e posicionar suas divisórias.

foto divulgação/internet

Deixe seus dados no formulário abaixo que retornaremos:

Drywall permite criar mobiliário

 

post-drywall20

Estantes, balcões de bares residenciais ou de recepções de escritórios e hotéis, divisórias baixas, bancadas, estações de trabalho, paredes diferenciadas com recortes e nichos são alguns exemplos de soluções que podem ser executadas em drywall. Isso explica por que esta tecnologia, que já conquistou grande parte do mercado brasileiro da construção civil por sua leveza, flexibilidade e facilidade de execução, entre outras vantagens, está se tornando também uma das grandes aliadas da arquitetura de interiores no país.

O segredo, para que os profissionais do setor exerçam sua criatividade mais livremente nessa área, está em dominar o projeto e a montagem das estruturas desses elementos, que são formadas pelos mesmos perfis de aço galvanizado utilizados em paredes, tetos e revestimentos de drywall. A explicação é do Eng. Carlos Roberto de Luca, da Comissão Técnica da Associação Brasileira dos Fabricantes de Chapas para Drywall, que complementa: “Uma estrutura corretamente executada é essencial para a posterior aplicação das chapas para drywall, seja em soluções retilíneas, seja em curvas. Esses elementos podem conter em seu interior fiação elétrica, tubulações hidráulicas, cabeamento de computadores e, ao final, podem receber qualquer tipo de acabamento, desde uma simples pintura ou textura até aplicação de laminados, cerâmica, mármore e granito”.

fonte: site drywall.org

foto: retirada da internet

Drywall é resistente?

post-drywall1-2

Drywall é resistente?

Totalmente. As estruturas metálicas são fabricadas em aço galvanizado para garantir a resistência do Drywall aos impactos normais do dia-a-dia. O sistema é testado em laboratório dentro dos mais rígidos critérios, para que o Drywall suporte, com toda a segurança, portas, armários, estantes etc.


Para mais informações ligue (11) 2595-4700 ou deixe seu pedido de orçamento no formulário abaixo:

FORMULÁRIO DE ORÇAMENTO

Como fazer decoração com gesso

 

1gesso

 

Uma das decorações mais desejadas que existem, a decoração com gesso transforma o ambiente e é muito utilizada para quem quer um local elegante e cheio de estilo.

O mais comum são os tetos rebaixados e a iluminação embutida nas placas de gesso, principalmente quando o teto é muito alto, essa abaixadinha que o gesso dá deixa o ambiente mais gostosinho e aconchegante.

Essa iluminação embutida é muito moderna e você ainda pode usar pontos de luz e usar lâmpadas de LED, nada mais chique né?!

Caso haja qualquer imperfeição nas paredes ou teto, nada melhor que a decoração com gesso para disfarçar isso. Falando em disfarças, você pode usá-lo como uma espécie de bandô, escondendo o varão da cortina por baixo, isso vai deixar sua sala ou quarto muito elegante.

A decoração em gesso também ajuda a quem mora em lofts ou quitinetes de espaço único a separar os ambientes, você pode usar paredes em Drywall em vez de subir paredes com tijolos.

O gesso pode inclusive ser utilizado na mobília. Se você quer montar o seu apê todo planejado, pode fazer guarda roupas, estantes, mesas de cabeceira e até cômodas em gesso, basta que sejam usadas placas mais resistentes.

A iluminação acoplada é bem legal se você não que iluminar de forma igual o ambiente todo, você pode incluir pontos sobre quadros, objetos de decoração, espelhos ou até sobre a televisão.

Em quartos, a iluminação em pontos dá a opção de deixar a luz mais baixa, logo o ambiente fica mais aconchegante e propício para uma ótima noite de sono. Essa iluminação ajuda muito quem tem problemas de insônia.

Veja fotos exemplos retiradas da internet

Então é isso pessoal, espero que tenham gostado. Até o próximo post

Para mais informações ligue (11) 2595-4700 ou deixe seus dados no formulário que entraremos em contato


Fotos: divulgação/ internet
Fonte: blog decoração

Como criar uma sala de reunião funcional

slide03 (1)

Sala de Reunião São Paulo Pesquisas – projeto de DRYWAL REALIZADO POR ELEGANCY FORROS

Ambiente fundamental em muitas empresas, as salas de reunião são utilizadas para vários tipos de atividades: reuniões, recepção de clientes, videoconferências, etc. Por isso, além de funcional ela precisa ser bem planejada para que sua estética seja compatível com a filosofia da empresa. Então como criar uma sala de reunião??

A adaptação da sala de reunião para equipamentos eletrônicos permite também que ela se torne uma confortável sala de videoconferência, permitindo a realização de reuniões à distância. Assim, marcar reuniões com clientes e fornecedores fica bem mais fácil, permitindo a empresa manter contato constante com outros estados e países de forma mais simplificada.

A realização de videoconferências também proporcionam um aumento da credibilidade da empresa e uma sensação de maior segurança junto aos clientes e fornecedores que passam a conhecer parcialmente o espaço físico da empresa.

Cores sóbrias e neutras ajudam a manter um clima mais formal na sala de reuniões, por isso vale a pena investir nelas ao escolher a cor das paredes e dos móveis. Tons de branco, cinza, preto e marrom são ótimos para todo tipo de decoração, inclusive de empresas.

No entanto, para criar um contraste, é interessante, por exemplo, ter cores claras e móveis escuros. Pintar as paredes de cores escuras pode ser arriscado, pois tende a fazer com que a sala de reuniões pareça menor, além de exigir uma iluminação muito mais potente.

Empresas que trabalham com a criação de peças podem utilizar a sala de reuniões para expor alguns de seus trabalhos.

Uma empresa de propaganda pode utilizar algumas de suas peças de sucesso para decorar as paredes, assim como um escritório de engenharia pode ter algumas plantas expostas como se fossem obras de arte. Esses toques são especiais e contribuem para deixar o espaço da sala de reunião ainda mais inspirador e interessante.

Outro ponto importante na hora de criar uma sala de reuniões bonita e confortável é trabalhar suailuminação de forma eficiente e sustentável. É muito interessante aproveitar bem a luz natural.

No entanto, em se tratando de uma sala de reuniões, em que ocorrem muitas apresentações com projeções, é preciso ter formas de controlar o excesso de luminosidade para que ela não atrapalhe as reuniões. Por isso, a instalação de cortinas e persianas é fundamental.

Abaixo estão fotos da conclusão do projeto de DRYWALL  realizado na empresa São Paulo Pesquisas por Elegancy Forros

Fonte: Casa 3
Fotos: São Paulo Pesquisas

 

Drywall é alternativa rápida e barata para dividir ambientes

cozinha-americana

 

O sistema drywall ainda não é tão utilizado no Brasil quanto nos Estados Unidos, mas é uma opção prática e rápida para dividir ambientes que está se tornando popular por aqui.

A parede drywall é tão eficiente que, se feita da maneira correta, dá até para instalar armário de cozinha nela, sem problema algum!! ❤ ❤

Ela é constituída por uma estrutura de perfis de aço galvanizado, na qual são parafusadas, em ambos os lados, chapas de gesso específicas para esse tipo de estrutura.

A forma de montagem e os componentes utilizados permitem que a parede seja configurada para atender a diferentes níveis de desempenho, de acordo com as exigências ou necessidades de cada ambiente em termos mecânicos, acústicos, térmicos e de comportamento frente ao fogo.

Tem inúmeras maneiras de se utilizar a paredes de drywall como divisória, como por exemplo:

  • Dividindo o quarto do casal em closet e o quarto propriamente dito;
  • Podemos ainda fazer uma meia parede entre a cozinha e a sala, transformando-a em cozinha americana 🙂
  • Temos ainda uma ótima opção para apartamentos que é dividir a cozinha da área de serviço, deixando mais “escondido” o varal por exemplo 🙂
  • Dividir a sala em dois ambientes: sala de estar e escritório, por exemplo;
  • Criar um barzinho na sala de estar para receber os convidados;
  • Podemos criar prateleiras para barzinho ou biblioteca;

Estes são alguns exemplos de uso do drywall!! Agora use sua imaginação e comece a imaginar como uma parede de drywall pode transformar sua casa e tornas ainda mais funcional. Um grande abraço, e até o próximo post!! 🙂 🙂 ❤


Para mais informações ligue (11) 2595-4700 ou deixe seu pedido de orçamento no formulário abaixo

Divisórias para escritório – saiba como otimizar o espaço

divisorias

 

A decoração bem planejada e a utilização otimizada do espaço físico de escritórios e ambientes corporativos são fatores que influenciam diretamente a produtividade das pessoas que ali convivem e trabalham diariamente.

O ambiente de trabalho tem que ser agradável e trazer conforto e praticidade, fazendo com que as pessoas se sintam bem-humoradas e motivadas a desempenhar suas funções com excelência.

Dentro desse contexto, a utilização de divisória para escritórios é extremamente útil, pois, além da separação física de ambientes, ela promove um melhor aproveitamento do espaço livre e, dependendo do material do qual são fabricadas, podem, inclusive, fazer parte da decoração do escritório.

Quer saber qual a melhor divisória para seu escritório? Confira nosso post de hoje e fique por dentro das principais características de cada um.

Drywall

Também chamado de gesso acartonado, as divisórias feitas desse material são constituídas por placas maiores do que as feitas de gesso — 1,20 m x 1,80 m ou 1,20 m x 2,40 m —, combinando estruturas de aço galvanizado e gesso, o que torna a divisória mais resistente e com menor risco de trincagem.

Quando comparadas às divisórias fabricadas em gesso, as drywall produzem muito menos resíduo e sujeira na instalação e se adaptam melhor a paredes e tetos. Além disso, esse tipo de material permite projetos de cabeamento e de isolamento acústico e térmico, com a utilização de lã de vidro.

Entretanto, divisórias feitas esse material tendem a absorver umidade e, se manutenções periódicas não forem realizadas, podem apresentar amarelamento com o passar do tempo.

MDF e vidro laminado

As divisórias piso-teto feitas em MDF e vidro laminado são extremamente versáteis e práticas. A instalação é super rápida, limpa e praticamente não gera resíduos. Como nas divisórias feitas em drywall, é possível passar fios e cabos por dentro da divisória, deixando o visual do escritório mais organizado.

Esse tipo de divisória também promove um bom isolamento térmico e acústico e as fabricadas em vidro laminado promovem um melhor aproveitamento da luz exterior. Quando bem posicionadas — perto de janelas, por exemplo —, elas podem, inclusive, diminuir a conta de energia elétrica do escritório.

Há inúmeros tipos de divisórias em MDF e vidro laminado à disposição, o que permite que elas façam parte da decoração, em projetos personalizados e que sejam a cara de seu escritório. Além disso, esse tipo de material permite um reaproveitamento de quase 100% das divisórias em outros projetos.

Para mais informações ligue (11) 2595-4700 ou deixe seu e-mail e telefone no formulário abaixo que nós retornaremos: