Limpeza e Manutenção do Piso Laminado depois das festas

A limpeza de pisos laminados deve ser feita com aspirador de pó (exceto aspiradores com tubo de sucção raspando no piso) ou vassoura de cerdas macias.

limpeza-da-casa-vassoura

Em seguida, passe um pano úmido bem torcido na solução de produtos domésticos de limpeza isentos de cera ou silicone.

Eventualmente – uma vez por semana – a limpeza poderá ser feita diluindo uma ou duas tampas de qualquer produto à base de amoníaco, cloro ou detergente neutro em 1 litro d’água.

Molhe o pano nesta mistura, torça-o bem e aplique sobre o piso.

Nunca utilize material cortante ou abrasivo, cera ou enceradeiras elétricas, esponja de aço, lixa ou produtos à base de silicone.

Limpeza com Pano Úmido é Proibida para Pisos Laminados?

c0107ef2-01ef-4f00-b996-47ba4b6bba5c-2

Não. Os pisos laminados podem e devem ser limpos com um pano umedecido em água e sabão neutro.

O que não se recomenda é o uso de água em abundância ou o uso de ceras, que promovem a formação de uma camada de gordura sobre o piso, que irá dificultar sua limpeza.

O Que Fazer para Manter Conservadas as Áreas Cobertas com Tapetes e Passadeiras?

A manutenção desses locais deve ser feita como no restante da área, ou seja, passando um pano umedecido com água e detergente neutro no piso.

76444298-passadeira-tapete-andino-0-66-x1-80m-antiderrapante-pa-passadeira-pa-05sku1163v384-393-1-800x721.jpg

O Que Fazer com Riscos de Caneta Hidrográfica no Piso Laminado?

A remoção da tinta de caneta pode ser feita utilizando um pano umedecido com solução de limpeza (tipo Veja) ou álcool.

Pisos Laminados: Manutenção e Limpeza de Rotina

limpeza do piso Laminado

Para a limpeza diária podem ser utilizados uma vassoura especial para pisos laminados ou um aspirador de pó (use peça própria para piso duro).

Periodicamente, passe um pano levemente umedecido (bem torcido) na mistura de 1/2 xícara de amoníaco, detergente neutro ou álcool para 4 litros de água.

Para manchas mais difíceis de remover, utilize acetona ou removedor de esmalte.

Nunca utiliza cera, saponáceos abrasivos ou palha de aço para limpar o piso.

Caso seja necessário há a possibilidade de substituir uma régua

Piso Laminado e Produtos de Limpeza

Veja quais produtos de limpeza você pode usar com pisos laminados e quais produtos de limpeza não pode usar:

PRODUTO DE LIMPEZA RECOMENDÁVEL MOTIVO
Água, e sabão liquido neutro Sim Limpeza geral (tinta látex)
Água e detergente neutro Sim Limpeza geral (suco de uva, vinho, café, refrigerante, batom)
Base de Amoníaco Sim Limpeza geral (3 colheres por litro de água)
Solvente à base de Toluol Sim Mancha à base de ceras, graxas, verniz, resíduo de cola
Álcool Sim Manchas de tinta de caneta, mercúrio, resíduo de cola
Acetona Sim Esmalte de unhas
Aguarraz, thinner, querosene* Sim Tinta, verniz e graxa
Hipoclorito de sódio puro (água sanitária) Não Não aconselhável; pode manchar se não for removido imediatamente
Cêra Não Mancha e engordura
Sapóleos Não Abrasivo e risca
Palha de aço Não Abrasivo e risca
*Produto gorduroso, portanto após a remoção das manchas, utilizar um pano em solução de água e sabão líquido neutro, para remover a gordura.

Fonte: Site Faz Fácil


Para mais informações e pedido de informações de compra e instalação de piso laminado deixe seus dados no formulário abaixo que em brave retornaremos:

Iluminação em forro e sanca de gesso

pop-board-500x500

A iluminação da casa é uma questão muito importante na hora de construir ou decorar. Afinal, um ambiente bem iluminado, com pontos corretos de luz, se torna mais amplo, moderno e aconchegante.

Mas você sabia que a iluminação em forro e sanca de gesso é uma alternativa cada vez mais usada no design de interiores, por sua praticidade e sofisticação?

Para não restar dúvidas na hora de iluminar a residência, preparamos aqui um guia definitivo sobre esse assunto. Acompanhe!

Tipos e efeitos de iluminação em gesso

A sanca de gesso é como uma moldura e fica na parte em que o forro e a parede se encontram. Ela pode ter vários modelos, que geram diferentes efeitos de iluminação. Confira alguns:

  • sanca aberta: as lâmpadas ficam embutidas dentro da sanca. A luz reflete no teto, formando uma iluminação indireta e dispersa;
  • sanca fechada: é completamente fechada em gesso e a iluminação é feita por meio de luzes pequenas, chamadas de spots;
  • sanca invertida: a sanca invertida possui o meio fechado e os cantos entre a sanca e a parede abertos. A iluminação interna fica invisível e reflete nas paredes e teto;
  • forro de gesso: o forro de gesso é um espaço que fica afastado alguns centímetros da parede, criando um pequeno vão e a impressão de que o teto está flutuando. Diferencia-se da sanca invertida porque, nesse caso, os pontos de luz não ficam embutidos e refletindo na parede ou no teto. A iluminação é feita de forma direta, por meio de spots.

Cuidados na hora da construção

Para fazer a iluminação em forro e sanca de gesso é preciso que o pé direito do ambiente perca pelo menos 12 cm. Assim, a luz pode ser direcionada para determinado espaço do ambiente.

Os modelos mais usados de luminárias são os spots, por causa do seu tamanho pequeno e pela facilidade com que podem ser direcionadas.

Prós e contras da iluminação em forro e sanca

Além da versatilidade que os forros e sancas de gesso oferecem à iluminação, eles também são vantajosos em questões estruturais. O gesso permite a criação de diversos formatos pré-moldados, com acabamento impecável.

É um isolante térmico e acústico, protegendo a casa de barulhos externos e mantendo a temperatura do ambiente agradável. Além disso, a facilidade na manutenção permite que problemas como vazamentos possam ser resolvidos facilmente, sem precisar fazer grandes reformas.

Fonte: http://www.eletroenergia.com.br/

Para mais informações e pedido de orçamento deixe seus dados no formulário abaixo que retornaremos: