7 vantagens das paredes de drywall

Olá pessoal, vocês sabem o que é drywall?? 🤔🤔
O termo drywall designa um sistema de construção a seco, pois não utiliza água em sua montagem: as placas de gesso acartonado são parafusadas em perfis metálicos que já vão prontos para a obra.
 
Dessa forma, o uso do sistema drywall permite uma construção muito mais limpa em relação à execução de paredes convencionais, já que não demanda a utilização de argamassa ou outro material e gera menos entulho que a alvenaria convencional, sendo que os resíduos são recicláveis.
drywall-ou-alvenaria-materiais-drywall
Agora quer conhecer as 7 vantagens de se construir com sistema drywall?? Vamos lá então, segue abaixo…

1 – Em projeto: menor espessura, maior área útil

 

parede-de-alvenaria-ou-drywall-esquema-de-montagem-drywall

parede de alvenaria ou drywall: esquema de montagem parede drywall

O sistema drywall permite construir paredes com menor espessura que as paredes convencionais em alvenaria de tijolos.

Com paredes mais estreitas, ganha-se aproximadamente 5% de área útil no projeto. À primeira vista esse percentual pode parecer baixo, mas na verdade esse número pode fazer a diferença principalmente quando se tratam de apartamentos com área pequena, em que todo acréscimo de espaço disponível é muito bem-vindo.

2 – Em projeto: soluções mais criativas

 

drywall-ou-alvenaria-parede-com-curvas

drywall ou alvenaria: paredes curvas em drywall

O sistema drywall permite soluções criativas e diversificadas que podem personalizar os seus projetos. O drywall pode ser utilizado para a construção de paredes curvas, recortes para iluminação embutida em painéis e muito mais.

O drywall também pode ser utilizado para construção de itens de mobiliário como prateleiras, estantes e nichos, elementos que muitas vezes acabam por onerar o custo do projeto dependendo do material e acabamento escolhido.

3 – Durante a obra: rapidez e limpeza na montagem

Além das vantagnes do drywall em relação a limpeza da obra, a facilidade de corte e manuseio do produto e a leveza do drywall permitem que uma parede nesse material seja executada com muito mais rapidez e praticidade, reduzindo assim o tempo de obra e os custos com os prestadores de serviço.

5 – No resultado final: resistência ao fogo

 

drywall-ou-alvenaria-parede-resistente-ao-fogo

drywall ou alvenaria: parede em chapas de drywall com resistência ao fogo

Naturalmente o drywall já possui características em sua composição que reduzem a propagação das chamas.

Porém, quando necessário, paredes em drywall podem apresentar o efeito retardante ao fogo, ou seja, impedir seu alastramento, sendo muito recomendado para saídas de emergência ou em áreas de grande risco de incêndio, já que é capaz de “segurar” o fogo por até 90 minutos.

Para esse tipo de uso é necessário especificar tipos especiais de placas de drywall, conhecidas como drywall rosa. A grande vantagem, além da praticidade de instalação do material, é o valor relativamente baixo se comparado às outras técnicas de isolamento.

Não sabe qual sistema de Drywall usar? Siga o passo a passo para a especificação do Drywall Knauf.

6 – No resultado final: isolamento de ruídos

 

drywall-ou-alvenaria-drywall-com-protecao-acustica

drywall ou alvenaria: drywall com proteção acústica

Os sistemas drywall conseguem melhor isolamento do som e contribuem para o conforto nos ambientes no que se refere à transmissão de ruídos.

O produto já apresenta bom isolamento acústico, porém pode-se aumentar o rendimento incluindo entre as chapas materiais fibrosos, como lã de rocha ou lã de vidro, atribuindo características de atenuação e isolamento de sons.

Portanto, é possível obter um ótimo isolamento acústico e térmico, dependendo da estrutura interna projetada. Para verificação dos índices termoacústicos dos diferentes tipos de chapas, as empresas disponibilizam tabelas com o desempenho de cada produto.

7 – Pós-obra: manutenção e reparos

 

drywall-ou-alvenaria-manutencao

parede de alvenaria ou drywall: o drywall possui fácil manutenção e reparos

Uma grande vantagem do uso do sistema drywall está na fase pós-obra, quando surgem eventuais necessidades de manutenção e reparos, como na ocasião de vazamentos de água, por exemplo.

Nesse caso, rasga-se apenas a parte necessária para o acesso à tubulação e conserto do encanamento, sendo possível posteriormente fechar a abertura com o mesmo pedaço de chapa existente.

Dessa forma, tem-se uma rápida e total reconstituição da parede, sem o tradicional e incômodo “quebra-quebra” e sujeira das manutenções em paredes comuns de tijolos ou blocos.

Fonte: Viva Decor


Para mais informações e pedido de orçamento deixe seus dados abaixo que retornaremos:

Anúncios

CRIE A SUA SALA DE TV DOS SONHOS COM DRYWALL

Fim de semana chuvoso e você não quer mais nada na vida além de assistir ou seu filme ou a sua série favorita. O problema é quando até o seu momento sagrado de lazer sofre interrupções.

 

É o barulho do vizinho com sua música altíssima ou a reforma do apartamento ao lado que deixa os diálogos na sua TV inaudíveis. Às vezes, você quer simplesmente ouvir todas as explosões do seu filme de ação em alto e bom som sem atrapalhar os demais.

Para todas essas situações, o drywall é a solução ideal. Isso porque essas placas de gesso podem ter incrível desempenho acústico, o que faz delas a melhor solução para a sua sala de TV.

images (3)

Veja a Phonique, por exemplo. Esse produto é tão eficiente que é muito usado em quartos de hotel e em hospitais, onde a paz de hóspedes e pacientes é um item sagrado. Outra opção é o Flexwall, uma placa de drywall revestida que já vem prontinha, basta aplicá-la como revestimento das paredes. O melhor é que já vem em três cores, dando mais opções estéticas para você.

Além disso, as placas de drywall são fáceis de ser aplicadas e as obras não levantam aquela sujeirada toda comum quando usados os sistemas convencionais, principalmente alvenaria.

fonte: Placo

Para mais informações e pedido de orçamento deixe seus dados no formulário abaixo que em breve retornaremos:

O que é obra seca??

Obra seca é o termo do momento!! Muitas vezes temos reparos e obras a fazer em casa, apartamento ou escritório e nos deparamos com a dor de cabeça de ter que enfrentar uma obra demorada e que gera muito entulho. Mas com uma obra “seca”, que economiza tempo e dinheiro, não temos mais que nos preocupar tanto com aquela obra que temos que fazer! Trata-se de um tipo de construção que não necessita de tempo de secagem porque são utilizados materiais que podem ser incorporados diretamente a um sistema de montagem, já que vão colados, pregados ou encaixados

Segue abaixo dicas de como fazer e contratar a tão sonhada reforma sem sujeira ( ou quase sem sujeira):

downloadPisos. A opção mais barata − e que não requer obra − para mudar o piso é usar pisos vinílicos ou linóleos autoadesivos, que se colocam facilmente por cima do antigo e são resistentes à umidade, embora possam se deteriorar rapidamente. No entanto, se você busca um resultado um pouco mais consistente, pode ser que essa não seja a melhor alternativa. Outra opção de maior qualidade é o chão de resina. Nenhum desses pisos exige obra, e eles são 30% mais baratos que os cerâmicos. Também existem cerâmicas de encaixe que funcionam da mesma maneira.

Portas. Trocar as portas da casa pode ter um custo significativo, principalmente se seu tamanho ou sua abertura estiverem fora dos padrões, o que exigirá um trabalho sob medida. Para reduzir o custo, existe a opção de lixá-las e voltar a pintá-las da cor que se prefira.

imagesDrywall em vez de tijolo. O drywall é outro tipo de estrutura divisória seca. Trata-se de placas de gesso laminadas entre duas camadas de papelão, com diferentes grossuras e medidas, que podem ser utilizadas como paredes divisórias, estantes ou forros decorativos. É mais rápido de colocar e gera menos entulho que o tijolo − embora, claro, seja menos resistente e menos isolante −, além de poder ser pintado diretamente.

Um exemplo desta agilidade é a instalação das tubulações , que são passadas pelo interior das paredes facilitando a execução. Quando há necessidade de um reparo , por exemplo, só é necessário fazer um recorte na parede, retirando uma parte da placa, suficiente para proporcionar acesso à parte interna da parede. Depois de efetuado o reparo, fecha-se a parede encaixando o mesmo pedaço de chapa retirado. Ao final, esse é um trabalho rápido, limpo e seco que não gera resíduo.

Como exemplos práticos, os painéis de drywall permitem fazer forros, divisórias ou estantes de forma rápida e simples

images (1)Iluminação. Aqui não é possível aplicar a técnica da obra seca. Neste caso, uma análise prévia da distribuição interna do imóvel, para saber com exatidão onde precisamos de mais ou de menos iluminação, é essencial para conseguir reduzir o preço da obra. Basicamente, a forma de diminuir o custo é reduzir ao máximo que for possível o número de tomadas ou pontos de luz a instalar. Lembrando que, pelas normas, é preciso instalar no mínimo três tomadas elétricas por cômodo e uma em cada zona de passagem. Uma prática habitual que reduz custos é aproveitar, na medida do possível, a tubulação elétrica existente. Para esconder fios de abajures ou extensões, podem ser usadas canaletas de plástico que depois podem ser pintadas da cor da parede ou do teto.

VANTAGENS DA CONSTRUÇÃO A SECO:

►Velocidade na execução das paredes em fechamentos externos ou internos, tendo como conseqüência, um aumento de produtividade.
►As placas são leves e de fácil manuseio.
►Ganho de área útil, em função da menor espessura das paredes.
►As instalações são executadas no interior das paredes e antes do fechamento das mesmas, facilitando e agilizando este trabalho e eliminando a perda de materiais.
►Elevada resistência a impactos e ação da umidade.
►Redução de cargas nas estruturas e fundações, devido ao menor peso por m² de parede acabada, resultando em economia na fundação.

VANTAGENS PARA O MEIO AMBIENTE:

►Não produz entulho.
►Utiliza água somente nas fundações.
►Reduz em 80% a utilização do cimento.
►Possibilita a reciclagem da estrutura em 100%.
►Reduz em 90% o consumo de matéria-prima natural.
A produção do aço reciclado consome aproximadamente 70% da energia gasta para a produção a partir de matérias primas naturais.
Utiliza somente produtos certificados.


Para mais informações e pedido de orçamento deixe seus dados no formulário abaixo que em breve entraremos em contato: