VOCÊ SABE PARA QUE SERVE OS RODAPÉS?

Sua função original é proteger da água, de choques e do acúmulo de sujeira as quinas de união da parede com o chão. Além disso, é arremate final na construção – assim como as calhas, os batentes de portas e outras estruturas similares. No entanto, por interferirem no visual do ambiente, vale seguir algumas dicas antes de escolher um modelo

Selecione o tamanho mais adequado

O padrão de tamanho do rodapé é de 7 cm de altura, mas, atualmente, é possível encontrar no mercado opções de 10, 15, 20 e 25 cm. Para escolher o tamanho ideal, é interessante considerar a altura do pé direito do imóvel e o tamanho dos cômodos.

Quanto mais alto o pé direito e maior o cômodo, maior pode ser o rodapé. Evite, porém, colocá-lo acima de 10 cm de altura em casas com pé direito baixo ou em apartamentos pequenos, pois ele deixará os ambientes ainda menores.

Somente no lavabo, é possível desconsiderar a regra da altura e abusar no estilo, usando as últimas tendências e combinando rodapés grandes com papéis de parede e demais itens de decoração.

 

Escolha a cor perfeita

As alternativas mais básicas e neutras são ideais para pessoas que preferem ambientes limpos, leves e tradicionais. Elas combinam com qualquer cor de tinta e de piso ou revestimento, sendo, portanto, opções mais seguras nesses casos.

No entanto, se a sua intenção for inovar, invista em cores mais escuras, como cinza, preto e tons que simulam madeira para enquadrar as paredes e separá-las completamente do chão. Rodapés bem coloridos são modernos, mas podem cansar um pouco o olhar dos moradores. É uma questão pessoal, afinal, aqui não existe uma regra.

Se optar por rodapés de cor clara, como o branco, uma boa dica é dar um contraste com a cor da sua parede. O branco é uma cor fácil de combinar, logo, os rodapés podem ser os mesmos nas áreas sociais e/ou íntimas da casa, mesmo que os pisos sejam diferentes, pois haverá uma ideia de continuidade em toda a decoração escolhida.

Mas, se o espaço for pequeno, a melhor dica é escolher um rodapé da mesma cor do seu piso, pois isso dará a ideia de maior amplitude.

Combine o rodapé com o batente da porta

Quando escolher a cor dos rodapés, lembre-se de combiná-la com o batente da porta. O material dos dois não precisa ser o mesmo, mas o ideal é que os dois sejam de cores semelhantes. Por exemplo, se escolher o rodapé na cor branca, o batente da porta deve acompanhá-lo, sendo da mesma cor.

Assim, a ideia de continuidade na decoração será mantida. Já os acabamentos não precisam ser totalmente iguais, e podem sim ser diferentes, desde que “conversem” entre si para que o ambiente fique harmonioso.

Ambientes com muitos elementos decorativos

eucafloor-rodape-estilo-100mm-sem-friso-branco-downloadSe a decoração do ambiente for excessiva, o ideal é optar por rodapés mais discretos, básicos e lisos, com superfície homogênea. A ausência de tantos detalhes fará a composição ideal com o lugar.

Frisos para ambientes mais ousados

eucafloor-rodape-estilo-100mm-com-friso-branco-downloadO rodapé com friso é aquele que traz linhas esculpidas ao longo de suas peças. Esse tipo de sulco pode conferir efeitos bem interessantes nos ambientes mais modernos e ousados. Um toque de sofisticação discreta para o ambiente.

 

Rodapés mais baixos para todo tipo de ambiente

Se você busca uma opção discreta, que caia bem em ambientes clássicos ou modernos, pode optar pelos rodapés mais baixos. São os mais tradicionais, com cerca de 5 a 10 cm de altura.

A Elegancy Forros oferece diversos tipos de rodapés para combinar com a decoração da sua casa, escritório, clínica, consultório, academia, loja, bazar, etc
Peça seu orçamento ou ligue para nosso whatsapp https://wa.me/5511989398688

3 dicas para reforma de fim de ano

Olá pessoal, hoje nós vamos falar sobre as reformas de fim de ano…Sim, já passou o ano e sua casa precisa de pequenos reparos para as festas e receber amigos e familiares. Separamos 3 dicas de pequenos reparos que não vão causar dor de cabeça e nem gastar muito. Vamos as dicas:

DICA 1: INSTALE NOVO PISO

Primeira coisa que passa na cabeça no final de ano… Pintar a Casa!! Mas você pode ir além…Que tal trocar o piso??? Sim você pode!!😍😍😍 O piso laminado pode ser aplicado sobre cerâmica, pedra e concreto, desde que a superfície esteja completamente regularizada, limpa e seca. Tudo em um só dia, sem quebra-quebra, nem sujeira!

PISO-LAMINADO

DICA 2 : APLIQUE MOLDURA DE GESSO

Que tal antes de pintar sua sala, para receber seus amigos e familiares no final de ano, fazer a instalação de MOLDURAS DE GESSO? 😮😉😍Este é um detalhe que faz toda a diferença.. e vai deixar sua sala mais linda e aconchegante! Uma forma prática e rápida e decorar e impressionar no final de ano! 😍😱

MOLDURAS-DE-GESSO

DICA 3 : TROQUE O FORRO VELHO DO BANHEIRO POR FORRO PVC

TROQUE O FORRO VELHO DO BANHEIRO POR FORRO PVC 😉😉

De fácil INSTALAÇÃO e MANUTENÇÃO os forros de PVC são também próprios para ambientes úmidos como banheiros e cozinhas, além de não ter que pintar NUUUNCA e não mancha caso haja algum vazamento no teto, facilitando e muito a manutenção!😍😍👍👍😉😉

 

Bom pessoal é isso, essa são algumas dicas que vão tornar o trabalho de arrumação da casa para as festas de fim de ano mais fácil e rápido. Deixando sua casa de causar linda!!!

botao-whatsapp

Para mais informações e pedido de orçamento fale conosco pelo whatsapp  https://wa.me/5511956185104… ou deixe seus dados no formulário abaixo que em breve retornaremos:

Limpeza e Manutenção do Piso Laminado depois das festas

A limpeza de pisos laminados deve ser feita com aspirador de pó (exceto aspiradores com tubo de sucção raspando no piso) ou vassoura de cerdas macias.

limpeza-da-casa-vassoura

Em seguida, passe um pano úmido bem torcido na solução de produtos domésticos de limpeza isentos de cera ou silicone.

Eventualmente – uma vez por semana – a limpeza poderá ser feita diluindo uma ou duas tampas de qualquer produto à base de amoníaco, cloro ou detergente neutro em 1 litro d’água.

Molhe o pano nesta mistura, torça-o bem e aplique sobre o piso.

Nunca utilize material cortante ou abrasivo, cera ou enceradeiras elétricas, esponja de aço, lixa ou produtos à base de silicone.

Limpeza com Pano Úmido é Proibida para Pisos Laminados?

c0107ef2-01ef-4f00-b996-47ba4b6bba5c-2

Não. Os pisos laminados podem e devem ser limpos com um pano umedecido em água e sabão neutro.

O que não se recomenda é o uso de água em abundância ou o uso de ceras, que promovem a formação de uma camada de gordura sobre o piso, que irá dificultar sua limpeza.

O Que Fazer para Manter Conservadas as Áreas Cobertas com Tapetes e Passadeiras?

A manutenção desses locais deve ser feita como no restante da área, ou seja, passando um pano umedecido com água e detergente neutro no piso.

76444298-passadeira-tapete-andino-0-66-x1-80m-antiderrapante-pa-passadeira-pa-05sku1163v384-393-1-800x721.jpg

O Que Fazer com Riscos de Caneta Hidrográfica no Piso Laminado?

A remoção da tinta de caneta pode ser feita utilizando um pano umedecido com solução de limpeza (tipo Veja) ou álcool.

Pisos Laminados: Manutenção e Limpeza de Rotina

limpeza do piso Laminado

Para a limpeza diária podem ser utilizados uma vassoura especial para pisos laminados ou um aspirador de pó (use peça própria para piso duro).

Periodicamente, passe um pano levemente umedecido (bem torcido) na mistura de 1/2 xícara de amoníaco, detergente neutro ou álcool para 4 litros de água.

Para manchas mais difíceis de remover, utilize acetona ou removedor de esmalte.

Nunca utiliza cera, saponáceos abrasivos ou palha de aço para limpar o piso.

Caso seja necessário há a possibilidade de substituir uma régua

Piso Laminado e Produtos de Limpeza

Veja quais produtos de limpeza você pode usar com pisos laminados e quais produtos de limpeza não pode usar:

PRODUTO DE LIMPEZA RECOMENDÁVEL MOTIVO
Água, e sabão liquido neutro Sim Limpeza geral (tinta látex)
Água e detergente neutro Sim Limpeza geral (suco de uva, vinho, café, refrigerante, batom)
Base de Amoníaco Sim Limpeza geral (3 colheres por litro de água)
Solvente à base de Toluol Sim Mancha à base de ceras, graxas, verniz, resíduo de cola
Álcool Sim Manchas de tinta de caneta, mercúrio, resíduo de cola
Acetona Sim Esmalte de unhas
Aguarraz, thinner, querosene* Sim Tinta, verniz e graxa
Hipoclorito de sódio puro (água sanitária) Não Não aconselhável; pode manchar se não for removido imediatamente
Cêra Não Mancha e engordura
Sapóleos Não Abrasivo e risca
Palha de aço Não Abrasivo e risca
*Produto gorduroso, portanto após a remoção das manchas, utilizar um pano em solução de água e sabão líquido neutro, para remover a gordura.

Fonte: Site Faz Fácil


Para mais informações e pedido de informações de compra e instalação de piso laminado deixe seus dados no formulário abaixo que em brave retornaremos:

O piso vinílico e suas vantagens

O piso vinílico, também chamado de vinil, tem se tornado o preferido dos arquitetos. O produto garante um acabamento de qualidade para as construções, além do que é uma opção ecologicamente correta.

O piso vinílico pode ser encontrado em diferentes versões, como placas, mantas e tapetes. Sua colocação requer o trabalho de um profissional especializado, mas não faz muita sujeira e é muito prática.

Existem muitas vantagens de se trabalhar com pisos vinílicos. As peças são resistentes, não retém poeira, não mancham e nem absorvem líquidos com facilidade.

O vinil é um revestimento antialérgico, com alta durabilidade e que oferece segurança aos moradores da casa, afinal, ele não escorrega. Muitas pessoas escolhem o piso vinílico para revestir os ambientes porque ele contribui com o conforto térmico e também evita o velho “toc-toc” da madeira.

No mercado, é possível encontrar uma ampla variedade de pisos vinílicos. As peças se distinguem com relação às cores, texturas e espessuras. As diversas opções de acabamento são capazes de satisfazer as necessidades de diferentes projetos de construção.

O piso vinílico é considerado um produto sustentável porque é fabricado com materiais reciclados. O revestimento também tem a capacidade de imitar outros materiais de forma bem convincente, como é o caso da madeira.

Revestir com piso vinílico é vantajoso porque é fácil de limpar, ou seja, basta usar um pano úmido para remover a sujeira. A aplicação das peças também não é tão complicada em comparação com os outros tipos de pisos, basta escolher uma superfície uniforme e limpa.

O piso vinílico evita toda a sujeira da construção e representa uma alternativa econômica para a obra.

Como qualquer produto de construção, o piso vinílico também possui os seus pontos fracos. Na hora de escolher o acabamento, o consumidor deve evitar as versões com muitas ‘ranhuras’, afinal, elas criam dificuldades durante a limpeza.

Na hora de instalar o vinil sobre outros materiais, é importante tomar cuidado. A madeira, por exemplo, não aceita esta combinação, tal como as pedras irregulares. Já a cerâmica necessita de um tratamento especial para ser revestida com pisos vinílicos.

Quem opta pelo revestimento com piso de vinil precisa tomar cuidado com os objetos e móveis pontiagudos na decoração, pois eles podem cortar a manta e comprometer a aparência do espaço.

Fonte:mundodastribos.com


Para mais informações e pedido de orçamento deixe seus dados no formulário abaixo que em breve retornaremos:

Piso laminado: ideal para quartos e salas

Para os quartos e salas devemos sempre pensar no conforto e no aconchego.
Desta maneira o piso que melhor se encaixa, nestas características, são os laminados, que atualmente tem uma ótima funcionalidade.

Piso ideal para cada ambiente – Dicas

Piso laminado

O piso laminado é considerado por muitos arquitetos como o melhor modelo de piso para quarto de casal. Ele imita diferentes tons de madeira e oferece um custo X benefício bem mais favorável do que a matéria-prima verdadeira.

O laminado valoriza a estética aconchegante da madeira, sem correr o risco de apodrecer ou precisar de impermeabilização.

Ótimo custo-benefício

Outra grande vantagem do piso laminado é o preço, que é bem abaixo dos revestimentos feitos com madeiras naturais. Além disso, a instalação é bem simples, podendo ser feita inclusive sem ajuda de profissionais. Tudo isso porque o material também dispensa acabamento, fazendo pouca sujeira durante e após a aplicação.

É uma opção versátil

Embora seja importante evitar água e sol, o piso laminado se encaixa em praticamente qualquer cômodo. Também vale ressaltar que a instalação pode ser feita por cima de outros pisos, como cerâmica, vinil, concreto e lajota. Por fim, é possível encontrá-lo em diversas cores e texturas. Alguns chegam, inclusive, a imitar a madeira natural, deixando o ambiente com um ar mais aconchegante. As tonalidades vão das mais claras às mais escuras, o que permite que ele combine perfeitamente com a decoração que você preferir.

Para mais informações e pedido de orçamento deixe seus dados no formulário abaixo que retornaremos:

Aprenda a planejar a reforma da sua casa

Há quem tenha trauma de reforma: é pedreiro que falta, material que atrasa, prazo que não é cumprido e gastos que são ampliados por qualquer motivo. Tudo isso, porém, pode ser diminuído se o dono do imóvel definir as prioridades, sabendo o que quer logo de início. Claro que um arquiteto ajuda muito nessa hora, principalmente se a obra envolver partes estruturais. Veja abaixo dicas de como se planejar para reformar sua casa ou apartamento sem ter dor de cabeça!!!

Objetivo

REFORMA-560x373

A primeira coisa a pensar numa reforma é o objetivo que se tem. O que vai ser transformado: se é uma construção inteira ou um ambiente. E o que se pretende com a reforma, ampliar o espaço, ganhar luminosidade, mudar apenas o estilo.

 


Planejamento

images (1)

Primeiro é preciso saber o nível de interferência, se é algo mais estético ou mexe alguma questão estrutural como, por exemplo, a divisão de um ambiente. Isso impacta no tempo. Também é preciso definir quanto se pretende gastar para adequar a reforma ao orçamento.

 


Planta do imóvel

download (1)

Todos os proprietários deveriam ter o projeto arquitetônico e o complementar em mãos. Mas nem sempre isso ocorre. Nesses casos, é importante a microfilmagem do projeto na prefeitura e temos acesso à planta do imóvel dessa forma.

 

 


Ajuda profissional

Um arquiteto sempre dará mais segurança à reforma. A ideia é que o profissional saiba evitar gastos desnecessários, planejando o orçamento de forma correta. Porém, caso a pessoa queira fazer a obra por sua conta e risco, saiba que é impossível derrubar e construir paredes sem a devida orientação.


Partes essenciais

cursos-encanadorAs partes hidráulica e elétrica devem ser sempre revisadas, principalmente em imóveis antigos. Ninguém pensa em quebrar tudo de novo ao término da reforma porque um cano deu vazamento, certo? Também se deve ter atenção à instalação de novas tomadas. Principalmente na cozinha onde demanda mais uso de eletrodomésticos.

Fonte: revista zap imóveis


Para mais informações e pedido de orçamento de FORROS, DRYWALL, DIVISÓRIAS E PISOS deixe seus dados no formulário abaixo que em breve retornaremos:

Vantagens do piso laminado

 

piso-laminado-quarto-02

Piso laminado é um revestimento de piso – e algumas vezes de paredes – que apresenta um acabamento semelhante ao carpete de madeira, é resistente à abrasão, mas se destaca principalmente por ser um revestimento de fácil limpeza.

Vantagens do Piso Laminado

  • Baixo custo: O preço do piso laminado é muito inferior em relação ao piso de madeira;
  • Fácil limpeza: um dos diferenciais deste revestimento. Basta um pano úmido para limpar a maioria das manchas;
  • Fácil instalação: As placas do piso apresentam encaixe tipo macho-fêmea, que facilitam a instalação, além de apresentarem grande firmeza. Podem ser coladas ainda para garantir a união das peças.
  • Ecologicamente correto: As placas de piso laminado são compostas por compensado, da qual a maioria dos fabricantes já adotou o uso de madeira reflorestada de florestas certificadas.

crédito: site bem arquiteta

 

Para mais informações ligue (11) 2595-4700 ou deixe seus dados no formulário abaixo que retornaremos:

PISO LAMINADO OU VINÍLICO? QUAL O MELHOR?

Quando estamos construindo, sempre buscamos por materiais de construção que são de qualidade e que possui o melhor acabamento. Uma dúvida que fica é usar piso laminado ou vinílico? Qual o melhor? Pois há uma diferença entre eles e o piso em PVC ou conhecido como vinílico. Nos Estados Unidos e na Europa são usados o piso vinílico e aqui no Brasil, são usados carpetes de madeira e também o laminado.

Escolhar-piso-laminado-ou-vinilico-660x194

PISO LAMINADO OU VINÍLICO? QUAIS AS DIFERENÇAS

O piso laminado é um piso de madeira com revestimentos em lamina melamínico que é um produto que imita madeira. Esse piso tem uma espessura de aproximadamente 7 e 8mm, ele tem uma alta resistência e alguns pisos de madeira possuem um acabamento que é anti cupim. O sistema de aplicação do piso laminado começa pela aplicação de uma manta para melhorar a acústica e evitar a umidade e depois aplica-se as placas encaixando-as. Não é preciso fazer uso de cola para o acabamento. É uma instalação rápida e esse processo é feito para diminuir os ruídos do carpete, porém mesmo com a manta, ainda faz um pouco de ruído. O piso laminado tem grande durabilidade. Esse tipo de piso não pode ser aplicado em cima de outros pisos.

Piso-Vinílico

Já o piso em PVC ou vinílico é um piso ecológico e pode ser fabricado por meio de plásticos reciclados. Sua espessura é menor do que os pisos laminados, vai de 0,5 e 2mm. Pode ser aplicado em cima de um outro piso existente, sem causar danos ao piso vinílico, porém é preciso nivelar antes e não aplica-lo sobre o piso de madeira. Evite a aplicação em lugares úmidos e é preciso usar cola para fixar esse piso ao chão. Esse piso é mais silencioso e não absorve água o que é ótimo, pois facilita a limpeza e para quem tem animais de estimação dentro de casa, esse piso é o ideal. Esse tipo de piso é anti alérgico e resistente a queima de cigarros e fósforos.

QUAL TIPO DE PISO ESCOLHER: LAMINADO OU VINILICO

Depois de conhecer os prós e contras de cada piso, revise o que você deseja, quais são as suas necessidades e qual o seu gosto pessoal para piso. Analisando esses fatores é possível escolher o tipo de piso que mais combina com a sua necessidade, sendo que cada um deles tem aspectos diferentes e podem ser bons ou ruins, dependendo da ocasião. Ao escolher o piso que deseja colocar em sua casa, pesquise por preços menores, evite pagar mais caro.


Para mais informações acesse nosso site http://www.elegancyforros.com.br ou ligue (11) 2595-4700, você pode deixar seu pedido de orçamento em nosso formulário abaixo:

Qual a diferença entre piso laminado e piso vinílico??

pisos-laminado-vinilico

Quer reformar a casa sem perder tempo?? Existem dois tipos de pisos incríveis que ajudam você a reformar de forma rápida e sem sujeira, são eles: PISO VINÍLICO e o PISO LAMINADO. Mas qual será a diferença entre eles, isso é o que vamos explicar no post de hoje 🙂

PISO VINÍLICO:

Do que é feito: o piso vinílico é feito com cloreto de vinila, ou PVC. O material vem em placas, réguas ou mantas.

Vantagens: abafa ruídos de passos e ajuda a conservar a temperatura dos ambientes. Como é protegido por resina de poliuretano, mancha muito pouco e é antialérgico. E não faltam opções de estampas! O produto pode ter desde cores vibrantes à aparência discreta.

Instalação: O contrapiso deve estar bem nivelado,  para criar essa superfície, a melhor maneira é aplicar uma massa niveladora, composta por cola e cimento. Com a mistura é possível aplicar o piso sobre superfícies não tão lisas, como cerâmica ou pedras polidas. O passo seguinte é colar ou encaixar o revestimento e esperar secar. É uma má ideia instalar o vinílico sobre materiais que podem apodrecer, como madeira e laminado.

Limpeza:  resiste a manchas e à proliferação de bactérias. No dia a dia, basta varrer com uma vassoura de pelo ou passar um rodo com pano umedecido. Se quiser uma limpeza mais profunda, use tecido com água e sabão neutro.

Onde instalar: deve ser instalado em ambientes internos que receba pouca luz

PISO LAMINADO:

Do que é feito: é composto por camadas de materiais derivados da madeira, como aglomerado e painel de madeira de alta densidade (HDF). A camada superior recebe uma estampa decorativa, impregnada com resina. O revestimento vem em réguas; pode ser instalado por encaixe ou cola sem cheiro.

Vantagens: Muito fácil de instalar, pode ser usado 1 dia após a instalação, em caso de mudança, pode ser levado para casa nova e reinstalado, é considerado flutuante, ou seja, o piso é de fácil adaptação, duração média varia de 5 a 16 anos

Instalação: também precisa de um contrapiso seco, limpo e nivelado, mas aceita variações de até 3 mm a cada 1,5 m de extensão. Por isso, pode cobrir pedra, concreto e cerâmica, desde que a superfície receba uma manta regularizadora, feita dos plásticos polietileno ou poliuretano. O produto pode ser instalado com cola ou com sistema de encaixe. É preciso deixar um espaço de dilatação entre as bordas do piso e a parede. E também vale à pena contratar um instalador, que pode avaliar o contrapiso.

Limpeza: Limpe o laminado com aspirador de pó ou vassoura de cerdas suaves passados no sentido das réguas – mas cuidado para não raspar a superfície. Depois passe um pano úmido com sabão neutro (lembre de torcer bem). Manchas exigem detergente e álcool. Tinta, verniz e graxa saem com querosene, tíner ou aguarrás.

Onde instalar:  vai bem em áreas secas e com temperatura amena, com quartos, salas ou escritório

Bom pessoal, é isso espero que tenham gostado das dicas!! 🙂 Lembre-se de que se estiver fazendo reforma ou construindo peça nossa consultoria e orçamento sem compromisso através do nosso formulário de contato ou ligue (11) 2595-4700, estamos localizados na cidade de Santo André. Um grande abraço!! e até mais!! 🙂 🙂


Fonte: revista casa
fotos: divulgação

 

O melhor tipo de piso para cada cômodo

Piso-laminado-de-madeira

Porcelanato, vinílico, madeira… Conheça o revestimento ideal para cada cômodo da sua casa

Se você está reformando ou construindo sua casa – ou tem planos para isso –, antes de definir o revestimento para o chão, é muito importante saber as características de cada um. Afinal, trata-se de um baita investimento que, em geral, espera-se durar por anos.

Existem várias opções de revestimentos no mercado: piso laminado e piso vinílico, porcelanato, azulejo, cimento queimado, madeira de demolição, taco, pisos de borracha, mármore. A escolha certa depende, antes de mais nada, da funcionalidade do piso, o que se espera dele naquele ambiente.


Quarto e sala: 

Para áreas internas secas, como quartos e salas, o piso laminado se mostra eficaz, pois compensa pelo custo-benefício, com preço final já incluindo a mão de obra.

 

Cozinha e banheiro:

Nesses ambientes, chamados de áreas molhadas, os porcelanatos são perfeitos, pois possuem alta resistência ao desgaste e à abrasão, durabilidade, grande variedade de tons e texturas.

 

Detalhes importantes

Na hora da escolha, a questão da temperatura deve ser levada em conta. Se você deseja que determinado ambiente seja mais fresco, os pisos frios (porcelanato, azulejo e cimento queimado) são os mais indicados. Se a intenção é a contrária, aposte nos vinílicos, laminados, taco e madeira, que aquecem o ambiente.

créditos: revista casa linda uol

Fotos: retirada da internet


 

Gostaram das dicas?? Espero que sim!! Todos os dias temos várias dicas sobre drywall, pisos, todos os tipos de forro, divisórias, persianas. Se estiverem construindo ou reformando, peça um orçamento sem compromisso

Ligue (11) 2595-4700 ou deixe seu nome, telefone, e-mail e pedido no formulário abaixo: