Conheça a diferença entre Gesso acartonado e plaquinha

De grande utilização em projetos de interiores, os forros de gesso permitem distribuir pontos de luz, caixas de som, tubulações, grelhas de ar condicionado, entre outros.
Eles também permitem um melhor acabamento no encontro entre a parede e o teto.
Existem basicamente dois tipos de materiais para execução de forros de gesso: as plaquinhas e o gesso cartonado.
A qualidade do gesso acartonado é muito superior às plaquinhas. A única vantagem das plaquinhas é o preço.
Para ajudar aqueles que estão para escolher o material que vão utilizar, veja as vantagens do forro de gesso acartonado em relação ao forro de paquinha:
– Velocidade de execução muito maior: alta produtividade já que as placas são muito maiores;
– Manuseio mais fácil (transporte,carga,descarga) e montagem;
– São mais leves (25kg/m2-alvenaria-200kg.m2);
– Desperdício muito baixo;
– As placas de acartonado possuem garantia do fabricante;
– Superfície pré-acabada, facilita muito a aplicação do revestimento final;
– Resultado de forros bem lisos, sem ondulações nas emendas das placas, enquanto o forro de plaquinhas costuma ficar todo ondulado e cheio de trincas;
– Mais limpeza na obra já que as placas de gesso acartonado são parafusadas nos perfis e não exigem chumbamento.

Fonte: Casos de Casa


Para maiores informações e pedido de orçamento deixe seus dados no formulário abaixo que em breve retornaremos:

Anúncios

Aprenda a planejar a reforma da sua casa

Há quem tenha trauma de reforma: é pedreiro que falta, material que atrasa, prazo que não é cumprido e gastos que são ampliados por qualquer motivo. Tudo isso, porém, pode ser diminuído se o dono do imóvel definir as prioridades, sabendo o que quer logo de início. Claro que um arquiteto ajuda muito nessa hora, principalmente se a obra envolver partes estruturais. Veja abaixo dicas de como se planejar para reformar sua casa ou apartamento sem ter dor de cabeça!!!

Objetivo

REFORMA-560x373

A primeira coisa a pensar numa reforma é o objetivo que se tem. O que vai ser transformado: se é uma construção inteira ou um ambiente. E o que se pretende com a reforma, ampliar o espaço, ganhar luminosidade, mudar apenas o estilo.

 


Planejamento

images (1)

Primeiro é preciso saber o nível de interferência, se é algo mais estético ou mexe alguma questão estrutural como, por exemplo, a divisão de um ambiente. Isso impacta no tempo. Também é preciso definir quanto se pretende gastar para adequar a reforma ao orçamento.

 


Planta do imóvel

download (1)

Todos os proprietários deveriam ter o projeto arquitetônico e o complementar em mãos. Mas nem sempre isso ocorre. Nesses casos, é importante a microfilmagem do projeto na prefeitura e temos acesso à planta do imóvel dessa forma.

 

 


Ajuda profissional

Um arquiteto sempre dará mais segurança à reforma. A ideia é que o profissional saiba evitar gastos desnecessários, planejando o orçamento de forma correta. Porém, caso a pessoa queira fazer a obra por sua conta e risco, saiba que é impossível derrubar e construir paredes sem a devida orientação.


Partes essenciais

cursos-encanadorAs partes hidráulica e elétrica devem ser sempre revisadas, principalmente em imóveis antigos. Ninguém pensa em quebrar tudo de novo ao término da reforma porque um cano deu vazamento, certo? Também se deve ter atenção à instalação de novas tomadas. Principalmente na cozinha onde demanda mais uso de eletrodomésticos.

Fonte: revista zap imóveis


Para mais informações e pedido de orçamento de FORROS, DRYWALL, DIVISÓRIAS E PISOS deixe seus dados no formulário abaixo que em breve retornaremos:

Dicas para planejar a reforma do fim de ano

O fim de ano está chegando, já???? Sim! E a sua casa como está? É sempre bom pensar com antecedência na arrumação da casa. Para isso separamos dicas de como se organizar e fazer tudo com antecedência e calma, e não esquecer de nada. Segue abaixo 5 dicas para planejar a reforma de fim de ano:

  • DEFINA PRIORIDADES: 

É sempre bom colocar no papel aquilo que realmente é necessário fazer e por qual cômodo começar e pensando principalmente em um bom acabamento, como: pintura, papel de parede ou revestimento nas paredes, por exemplo.

Se for pintar as paredes segue uma dica legal: Eleja o tom e encare o pincel sem medo. Cor é a maneira mais fácil e mais rápida de mudar o ambiente. Dar uma renovada na pintura já dá outra energia para o espaço. Afaste os móveis das paredes, compre plástico numa loja de material de construção (custa cerca de cinco reais o metro), cubra tudo e lacre com fita crepe, para selar e proteger o chão e a mobília. Usar jornal é pior, porque ele descola, rasga, mancha… dá trabalho demais limpar tudo depois.

  • PREVISÃO DE GASTOS E TEMPO

download (1)Ao definir a reforma que será realizada, sugerimos listar os gastos, visando ter certeza que o projeto não exceda o orçamento disponível e, assim, evitando possíveis interrupções na reforma. É preciso fazer a soma geral do que será gasto, considerando mão de obra, material e, principalmente quanto tempo há disponível para a reforma, que deverá ser alinhado com o profissional que irá executar a obra.

  • MÃO DE OBRA

images (1)A peça-chave para obter o resultado esperado da reforma é a contratação de um profissional qualificado e de confiança. Por isso, o melhor a fazer antes antes de contratar o profissional, é fundamental obter referências com amigos ou familiares de trabalhos anteriores. Ninguém quer passar por surpresas ao final da obra, descobrindo que o profissional contratado não fará o serviço de acordo com o esperado e atrasar ainda mais a reforma para seu final de ano perfeito!

Outro fator importante é negociar o preço fechado do serviço. Assim, o cliente garante que a obra seja concluída no período estipulado e evita possíveis desentendimentos e excessos financeiros.

4-dicas-importantes-para-comprar-materiais-de-construcao-com-qualidade-810x541A escolha dos materiais de construção é uma etapa importante na hora de reformar a casa. Nessa época do ano, grandes homecenters realizam promoções e oferecem facilidades de pagamento para o consumidor. Além das lojas virtuais de materiais de construção que fazem entrega no prazo esperado, sem que precise sair de casa!

Por isso, é fundamental que o cliente pesquise e avalie o melhor custo x benefício, levando em consideração também se o material se adéqua às metragens do espaço.

  • DE OLHO NAS QUALIDADES

Outro ponto importante a ser considerado na reforma é o cálculo da metragem e a quantidade de produtos que serão utilizados. Por isso, aconselhamos que a lista de produtos seja feita juntamente com o profissional responsável, que poderá indicar os materiais adequados para o tipo de reforma proposta, além de evitar o desperdício e o gasto desnecessário.

 

Bom pessoal, esta foi a nossa dica para reforma do final de ano, esperamos que seja util. E precisando de orçamento de FORROS, DRYWALL, PISOS deixe seus dados abaixo que em breve retornaremos:

Iluminação em forro e sanca de gesso

pop-board-500x500

A iluminação da casa é uma questão muito importante na hora de construir ou decorar. Afinal, um ambiente bem iluminado, com pontos corretos de luz, se torna mais amplo, moderno e aconchegante.

Mas você sabia que a iluminação em forro e sanca de gesso é uma alternativa cada vez mais usada no design de interiores, por sua praticidade e sofisticação?

Para não restar dúvidas na hora de iluminar a residência, preparamos aqui um guia definitivo sobre esse assunto. Acompanhe!

Tipos e efeitos de iluminação em gesso

A sanca de gesso é como uma moldura e fica na parte em que o forro e a parede se encontram. Ela pode ter vários modelos, que geram diferentes efeitos de iluminação. Confira alguns:

  • sanca aberta: as lâmpadas ficam embutidas dentro da sanca. A luz reflete no teto, formando uma iluminação indireta e dispersa;
  • sanca fechada: é completamente fechada em gesso e a iluminação é feita por meio de luzes pequenas, chamadas de spots;
  • sanca invertida: a sanca invertida possui o meio fechado e os cantos entre a sanca e a parede abertos. A iluminação interna fica invisível e reflete nas paredes e teto;
  • forro de gesso: o forro de gesso é um espaço que fica afastado alguns centímetros da parede, criando um pequeno vão e a impressão de que o teto está flutuando. Diferencia-se da sanca invertida porque, nesse caso, os pontos de luz não ficam embutidos e refletindo na parede ou no teto. A iluminação é feita de forma direta, por meio de spots.

Cuidados na hora da construção

Para fazer a iluminação em forro e sanca de gesso é preciso que o pé direito do ambiente perca pelo menos 12 cm. Assim, a luz pode ser direcionada para determinado espaço do ambiente.

Os modelos mais usados de luminárias são os spots, por causa do seu tamanho pequeno e pela facilidade com que podem ser direcionadas.

Prós e contras da iluminação em forro e sanca

Além da versatilidade que os forros e sancas de gesso oferecem à iluminação, eles também são vantajosos em questões estruturais. O gesso permite a criação de diversos formatos pré-moldados, com acabamento impecável.

É um isolante térmico e acústico, protegendo a casa de barulhos externos e mantendo a temperatura do ambiente agradável. Além disso, a facilidade na manutenção permite que problemas como vazamentos possam ser resolvidos facilmente, sem precisar fazer grandes reformas.

Fonte: http://www.eletroenergia.com.br/

Para mais informações e pedido de orçamento deixe seus dados no formulário abaixo que retornaremos: